Se na sua cabeça ainda tem o conceito de que maquiagem é apenas para mulher, tire agora mesmo. Pois agora os homens também estão aderindo a essa pratica como recurso de beleza e se engana ainda mais se pensar que o homem que faz maquiagem é afeminado

A cada dia que passa sua aparência se torna algo imprescindível para um bom relacionamento entre pessoas e no meio profissional, não é mesmo? O mais importante de tudo isso é o cuidado pessoal do homem moderno. Pensando nisso, preparei algumas dicas para você, meu querido amigo, que gosta de esconder aqueles defeitinhos na pele como acne, olheiras e há você também que gosta de apresentar uma pele com ar de saudável no rosto. Para fazer uma make top, indico a vocês, os produtos Mary Kay. Uso, gosto e recomendo!! Vamos as dicas:

Rosto – A base é fundamental para o make up masculino. Passe a base, dê preferência com as pontas dos dedos, ou com pincel e esponja apenas na área que chamamos de “T” (nariz e testa) e no queixo. Não é preciso aplicar nas bochechas, para não ficar muito carregado, só se a pele estiver com manchas. A base também é aplicada debaixo dos olhos apenas nas áreas mais escuras. Para não ficar com o rosto de uma cor e o resto de outra, é importante não esquecer de passar a base debaixo do pescoço e nas orelhas também.

Olhos – Muito cuidado com esse passo! Escolha um lápis de olho, de preferência marrom para passar apenas na parte superior dos cílios com um fino traço e bem rente. Aplique também o rímel transparente nos cílios e use-o também para passar “pentear” as sobrancelhas. No homens, o melhor é pentear as sobrancelhas sempre no sentido do crescimento dos pelos.

Boca – Para a boca, apenas o hidrante labial que não tenha brilho. Pode optar também em passar um batom cor de boca, apenas com as pontas dos dedos, dando batidinhas de leve. Ao finalizar, irá perceber que a maquiagem ficou muito natural e que o aspecto da pele ficou bem melhor. Está pronto para ir trabalhar ou ir à balada! 

Última dica: A base não esconde as rugas, apenas uniformiza a pele. Portanto, quanto menos passar, melhor.

 

Foto: Hellen Câmara Fotografia