Dores fazem parte da rotina dos atletas, profissionais e amadores. Lesões, incômodos musculares e nas articulações, são, infelizmente, comuns para quem se exercita frequentemente.

Mas as dores pós-treino, entretanto, podem ser amenizadas com o uso de meias de compressão, pois facilitam a recuperação do músculo entre 30% e 40%.

 

 


Este tipo de dor acontece porque durante qualquer esforço físico o corpo queima a glicose armazenada, com a ajuda do oxigênio proveniente da respiração, para obter energia.

No entanto, no caso de pessoas que estão no início das atividades físicas, a glicose se degenera sozinha porque não há oxigênio suficiente no organismo. A consequência desse processo é a produção do ácido lático, um dos agentes responsáveis pelas dores musculares.

A função das meias de compressão, nesse caso, é colaborar com a oxigenação de todo o organismo e, consequentemente, facilitar a dispersão do ácido lático liberado.

Além das dores musculares, enjoos também podem fazer parte da rotina dos atletas, e isso também é consequência do acúmulo de ácido lático no sangue. Em alguns casos, o ácido lático atinge o nervo responsável pela ligação do cérebro ao esôfago, ocasionando náuseas e até vômitos.

Esses problemas, às vezes, desestimulam as pessoas a continuarem no esporte e persistirem em seus objetivos, mas é importante que entendam que isso é normal e pode ser evitado. Com orientação, cuidados especiais, incluindo o uso de meias de compressão, é possível superar esses obstáculos e ter uma vida mais saudável.