Ronaldo Fraga I SPFW46


Respingos de sangue azul. Assim Ronaldo Fraga descreveu uma das poucas estampas de sua nova coleção. “Porque todo mundo acha que é diferente, melhor do que o outro. Que tem sangue azul, né?” O tema do desfile era o conflito secular entre palestinos e israelenses, um drama que já derramou muito sangue – sempre da mesma cor, independentemente do lado. Mas a mensagem era universal e, neste momento, especialmente brasileira. “O lugar onde sinto mais a violência hoje é o Brasil. Não podemos viver assim”, diz Ronaldo. O caminho é difícil, e ele sabe disso, por isso afina seu recado e pede o mínimo, que já significa muito. “Meu desfile não é sobre paz. Meu desfile é sobre tolerância.”

A tolerância de Ronaldo Fraga vem acompanhada de um desejo de amor e de uma urgência de diálogo. Os modelos – dois homens, duas mulheres, casais héteros mais velhos ou novos – entravam em dupla, um de cada lado, se encontravam na frente dos fotógrafos e se beijavam. Depois, sentavam na longa mesa colocada no centro da passarela para comer juntos.

Nas roupas, a ideia era marcar algumas características do vestuário ortodoxo judaico e árabe com acessórios como os chapéus usados pelos judeus, ou o lenço palestino mas, de maneira geral, propor um look que poderia ser comum a ambas as culturas. “Por isso a base da coleção é a camisa: ela veste todos, palestinos e israelenses.” As típicas listras azuis usadas pelos dois povos também aparecem na coleção. O tecido é democrático: mais de 90% da coleção é jeans, com uma ou outra exceção de sarjas e linhos. Os bordados artesanais, uma marca registrada de Ronaldo, foram feitos pelas bordadeiras Barra Longa (MG), cooperativa com a qual o estilista trabalha há tempos. As laranjas e peixes de richelieu, assim como os bordados de estrelas, luas e árvores foram feitas por elas. Nos acessórios, destaque para as bolsas de peixe, da marca Yë, e para os tênis, da grife Kruzin, de uma brasileira radicada nos Estados Unidos. Na beleza, assinada por Marcos Costa, as tranças de várias cores numa mesma modelo simbolizam a diversidade.

Numa das saias, a estampa de sobrenomes de cristãos novos no Brasil (Oliveira, Moreira, Pereira) faz o paralelo com o Brasil, assim como uma tipóia feita de camisetas da seleção brasileira. Essa conexão vem também do desejo de que, a despeito de brigas políticas, as diferenças sejam respeitadas, algo que Ronaldo sentiu em visita que fez a Tel Aviv no ano passado, quando observou uma comunidade gay ativa e livre na cidade. Foi a partir daí que pensou em fazer sua coleção inspirada na relação de amor e tolerância em meio a um conflito religioso tão forte.

No fim do desfile, os modelos estenderam as mãos aos convidados da platéia, e nos convidaram a sentar à mesa e jantar com Ronaldo, no meio da passarela. Comer, beber, conviver uns com os outros diante e/ou apesar da discordância.

 

Foto: Marcelo Soubhia / Fotosite

 

(CAROLINA VASONE)

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format